Planeje sua viagem

Documentos de viagem, assistência especial, futuras mães, crianças e animais de estimação. Descubra como organizar melhor a sua viagem.

DOCUMENTOS DE VIAGEM

Carteira de identidade, passaporte e vistos: todos os documentos que você precisa para voar para a Itália, países europeus ou países não pertencentes à UE.

ITÁLIA E PAÍSES EUROPEUS DA ÁREA SCHENGEN

Voar na Itália

Para as viagens dentro do território italiano são válidos, além da carteira de identidade, passaporte e carteira de habilitação (em papel ou plastificada), também os documentos constantes do Decreto Presidencial 445/2000.

Verifique no site da POLÍCIA DE ESTADO

Voar para os países europeus que aderiram ao Tratado de Schengen

Graças ao Tratado de Schengen, os cidadãos da UE podem circular simplesmente com sua carteira de identidade válida para viagens internacionais como também com um documento diferente reconhecido pelo país de destino.

VEJA OS PAÍSES QUE ADERIRAM AO TRATADO DE SCHENGEN

Os países que aderiram plenamente ao Tratado de Schengen são:

Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Grécia, Itália, Luxemburgo, Países Baixos, Portugal, Romênia, Espanha, Suécia, Eslovênia, Estônia, Letônia, Lituânia, Polônia, República Checa, Eslováquia, Hungria e Malta. Noruega, Islândia, Suíça e Liechtenstein, embora não pertençam à UE, têm o status de países associados.

PAÍSES NÃO SCHENGEN E PAÍSES NÃO PERTENCENTES À UE

Para os países da UE que não aderiram ao Tratado de Schengen, como também para os países que não fazem parte da UE, é necessário o passaporte, a menos que exista um acordo bilateral.

É responsabilidade do passageiro verificar junto à embaixada ou ao consulado do país de destino ou de trânsito se existe a necessidade de um visto.

Para destinos não pertencentes à UE, consulte o TRAVEL INFORMATION MANUAL DA IATA.  Verifique o site da embaixada ou do consulado do seu país de destino.

REINO UNIDO

Desde 1º de outubro de 2021, nos termos das disposições do Governo Britânico, não é mais possível entrar no Reino Unido com a carteira de identidade, sendo necessário apresentar o passaporte com validade residual igual ao período de permanência.

Existem exceções específicas para as quais sugerimos que você visite o site do governo britânico.

ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

COMUNICAÇÃO DOS DADOS PESSOAIS DO VIAJANTE AOS EUA - PROGRAMA SECURE FLIGHT

Em conformidade com o programa Secure Flight* promovido pela TSA (Transportation Security Administration, Administração para a Segurança dos Transportes), os passageiros que voam de/para ou através dos Estados Unidos ou que sobrevoam o espaço aéreo dos EUA em direção a outros países (por exemplo, Canadá, Cuba e México) devem informar no momento da reserva/emissão do bilhete ou, de qualquer maneira, não além de 72 horas antes do embarque, os seguintes dados pessoais:

  • nome e sobrenome (como constam no passaporte)
  • data de nascimento
  • sexo

Na ausência de tais dados, não será permitido efetuar a viagem.

Entre em contato com a Central de Atendimento ao Cliente ou peça à sua agência de viagens para incluí-los no momento da reserva.

Os passageiros em posse de um eventual número de identificação Redress Number devem comunicar esta informação à Central de Atendimento ao Cliente.

E.S.T.A.

Todos os viajantes para ou em trânsito pelos EUA sob o Visa Waiver Program (Programa de “Isenção de Visto”), para estadias não superiores a noventa dias para turismo ou negócios, devem obter uma autorização ESTA (Electronic System for Travel Authorization - Sistema Eletrônico para Autorização de Viagem) antes da viagem. O pedido deve ser feito online e a autorização deve ser obtida pelo menos 72 horas antes do início da viagem.

Todo passageiro deve ter seu próprio passaporte, incluindo crianças e bebês.
Na ausência desta autorização, as autoridades dos EUA não consentirão o embarque no voo.

Efetue o procedimento E.S.T.A. online, mediante pagamento prévio de US$ 14 com cartão de crédito.

VISTO

Os passageiros que não possuem os requisitos necessários para a viagem com o visto do Visa Waiver Program (exemplo: estadias superiores a 90 dias) devem solicitar um visto regular na Embaixada ou num consulado dos Estados Unidos.

IMPRESSÕES DIGITAIS E FOTOGRAFIAS

Na chegada aos Estados Unidos, no balcão de imigração, os passageiros devem se submeter ao procedimento que prevê a coleta de dados pessoais através do arquivamento das impressões digitais ou fotografias.

Verifique a conformidade de seus documentos entrando em contato com um consulado dos EUA ou visitando o site da EMBAIXADA dos EUA

*Desenvolvido pela TSA (Transport Security Administration), autoridade responsável pela Segurança nos Estados Unidos.

CANADÁ

ETA

A autorização eletrônica de viagem (eTA) é o requisito de entrada para os cidadãos estrangeiros, incluindo os cidadãos dos EUA, isentos de visto que voam ou em trânsito pelo Canadá.

A eTA está ligada eletronicamente ao passaporte do viajante e é válida por um período de cinco anos ou até a expiração do passaporte, o que ocorrer primeiro.

O pedido de eTA é um procedimento online muito simples e tem um custo de C$ 7; a maior parte dos requerentes obtém a autorização após poucos minutos do envio do módulo online.

Antes de continuar, certifique-se de ter em mãos:

  • passaporte
  • um endereço de e-mail
  • cartão de crédito

É possível fazer o pedido somente para uma pessoa por vez. Por exemplo, para uma família de três pessoas, será necessário preencher e enviar o formulário três vezes.

Solicite a autorização eTA online

Declaração antecipada (Advanced Declaration)

É possível diminuir significativamente os tempos de espera no aeroporto de chegada ao Canadá preenchendo a Advance Declaration, que é a declaração alfandegária e de imigração, pelo menos 72 horas antes da partida, através do APP ArriveCAN.

Baixe o app ArriveCAN

Para mais informações, visite o site das Autoridades Canadenses https://www.canada.ca/en/border-services-agency/services/arrivecan/declaration.html

CIDADÃOS DE PAÍSES NÃO PERTENCENTES À ÁREA SCHENGEN

Os passageiros provenientes de países extra Schengen que transitarem duas vezes pela Europa devem possuir um visto válido. A não apresentação de um visto válido poderá resultar em uma não admissão no território.

loader